Avião com mais de 100 pessoas cai em área residencial em Karachi, no Paquistão

0
11

Um avião da Pakistan International Airlines que transportava mais de 100 pessoas e ia de Lahore para o Aeroporto Internacional de Jinnah, um dos mais movimentados do Paquistão, caiu em um bairro residencial em Karachi, a cerca de quatro quilômetros do aeroporto. Karachi é a cidade mais populosa do Paquistão, capital da província de Sinde, no Sul do país.Segundo o prefeito da cidade, Waseem Akhtar, não deve haver sobreviventes do voo. Mas, uma televisão local mostrou a imagem de um bebê sendo retirado dos escombros. É possível que ele estivesse na área do impacto do acidente.

– No momento, temos a visão de que não haverá sobreviventes, mas isso não está confirmado – lamentou Akhtar.

Também não se sabe ainda a causa do acidente. Mas, de acordo com Abdul Sattar Khokhar, porta-voz da empresa aérea, o piloto teria avisado ao controle de tráfego aéreo que estava enfrentando problemas técnicos.

— O avião caiu em Karachi. Estamos tentando confirmar o número de passageiros, mas inicialmente são 99 passageiros e oito tripulantes — completou.

Homem ajuda vítima da queda do voo da Pakistan International Airlines, em Karachi Foto: ASIF HASSAN / AFP
Homem ajuda vítima da queda do voo da Pakistan International Airlines, em Karachi Foto: ASIF HASSAN / AFP

Isso porque a empresa havia anunciado que voaria com cerca de 50% da capacidade de cada avião para permitir medidas de distanciamento social por conta da pandemia do novo coronavírus. Assim, o número de passageiros e possíveis vítimas deverá ser confirmado oficialmente pela companhia.

O acidente ocorreu menos de uma semana após o país permitir a retomada dos voos comerciais, no último sábado. Os serviços aéreos no país ficaram suspensos por dois meses.

Fotos e vídeos compartilhados nas redes sociais mostram fumaça subindo do local do acidente e prédios em chamas. Os serviços de emergência estão no local e o Exército ajuda no resgate.

o globo

Deixe seu comentário