Carro clonado é apreendido em Rubiataba

0
599

Nesta semana, durante um patrulhamento realizado pela Polícia Militar na cidade de Rubiataba, uma caminhonete Chevrolet S10 branca foi abordada após os policiais notarem atitude suspeita. O carro estava com placa de Senador Canedo e, ao realizar a consulta no MPortal, foi notada a existência de clonagem de veículo, fato que o condutor alegou não saber.

O carro foi encaminhado para a unidade da Sanperes, responsável por realizar vistorias veiculares em Goiás. A empresa recebe carros suspeitos em todo o Estado e, graças à parceria com as polícias, consegue averiguar a autenticidade com rapidez e eficiência. No local, foi possível constatar que havia incompatibilidade entre os números de chassis e número do motor, número do lacre e da cédula do documento.

O proprietário do veículo que havia sido clonado foi informado da ação e confirmou que recebia multas frequentemente, em lugares que não havia trafegado. A PM, ao realizar a checagem, descobriu que o carro apreendido era resultado de roubo na cidade de Goiânia.

Este não é um caso isolado, já que a Sanperes recebe semanalmente veículos suspeitos para verificação de autenticidade ou adulteração. “Nosso trabalho é garantir que a frota de veículos de Goiás seja legal e cumpra todos os requisitos de segurança. Tirar carros clonados, provenientes de roubo ou furto das ruas é oferecer uma maior segurança à população e contribuir com a segurança pública de Goiás para a redução dessa prática”, explica o diretor da Sanperes, Daniel Ganda. O condutor do veículo clonado foi encaminhado à Delegacia de Polícia e deve responder pelos crimes praticados.

Desde 2015, 4.188 veículos já foram apreendidos em Goiás, 24 deles só em Rubiataba e um total de 364 no centro-norte goiano.

Catalão

Na tarde desta quarta-feira ocorreu fato semelhante na cidade de Catalão. Um veículo Mercedes-Benz/LS1935 foi apreendido após a Polícia Militar encontrar quatro pessoas realizando seu desmonte em uma borracharia desativada. O Serviço de Inteligência foi acionado. Após uma triagem inicial, o veículo também foi encaminhado para a unidade da Sanperes do município, onde se constatou que o caminhao havia sido roubado em Uberlândia (MG).

Além do crime de roubo, percebeu-se que os chassis estavam adulterados e havia outras peças irregulares. A placa original era no estado de São Paulo. Todos os envolvidos foram encaminhados para a delegacia.

Em Catalão já foram realizadas 172 apreensões de 2015 a 2019, sendo que em todo o sul goiano o total de apreensões no período foi de 713 veículos.

Deixe seu comentário